Direitos,  Gestão

Como funciona o eSocial para pequenas empresas

Como funciona o eSocial para pequenas empresas

 

O eSocial é um projeto que faz do governo, mais especificamente do Sistema Público de Escrituração Digital, responsável pela transmissão, armazenamento, validação e recepção de documentos que dizem respeito a obrigações trabalhistas de uma empresa.

O objetivo do governo é tornar mais simples a transmissão de documentos como o GFIP, CD, DIRF, entre outros, tudo de uma maneira digital e mais prática.

Ao longo deste artigo, você conhecerá mais a fundo sobre esse sistema que facilita a entrega, exigida por lei.

Dados Obrigatórios

Para utilizar o sistema, é necessário inserir:

  • Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (GFIP)
  • Quadro de Horário de Trabalho (QHT)
  • Comunicação de Dispensa (CD)
  • Folha de Pagamento
  • Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF)
  • Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED)
  • Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT)
  • Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO)
  • Programa de Prevenção a Riscos Ambientais (PPRA)
  • Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)
  • Guia da Previdência Social (GPS)
  • Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF)
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)
  • Guia de Recolhimento do FGTS (GRF)
  • Livro de Registro de Empregados (LRE)
  • Manual Normativo de Arquivos Digitais (MANAD)
  • Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP)

Como usar?

1° Passo

Acesse sua conta no sistema do eSocial e clique em “Processos”, após selecione “Transmitir Eventos”. Na parte inferior do site, observe a quantidade de arquivos esperando o envio, processando, os rejeitados, os com advertência e os enviados com sucesso.

2° Passo

Selecione os eventos que aguardam o envio, cada um deles terá suas informações divididas em abas, que permitem analisá-las uma a uma: complementares, contato, dados cadastrais, trabalhos temporários, etc.

3° Passo

Selecione todos os eventos que serão enviados, neles, selecione uma caixa de marcação no topo do sistema que mostra “Marcar/Desmarcar Todos”. Envie-os clicando em “Transmitir”.

4° Passo

Todos os eventos que forem enviados aparecerão na aba “Em Processamento”. Cada processo terá um status que representa a precisão dos dados preenchidos, passada a análise do Governo, esses surgem na aba correspondente.

Quais são os prazos?

Até novembro de 2018, micro, pequenos e médios empresários deverão iniciar o uso do sistema. O processo ocorrerá em etapas. Do dia 16 de julho até 31 de agosto, deve se enviar as informações de cadastro e tabelas da empresa, todas essas informações poderão ser enviadas aos poucos para o sistema.

Até o mês de setembro, informações dos funcionários deverão ser preenchidas, de acordo com a sua situação na empresa, registrando admissões, demissões, etc. A partir do mês de novembro, as informações salarias começam a ser preenchidas.

Em 2019, no mês janeiro terá início a substituição da GIFP, no sistema do eSocial. Passam a ser registrados no sistema dados de segurança e saúde dos empregados.

Em caso de pequenas empresas, dentro dos parâmetros do programa, o sistema já pode começar a ser utilizado. Não perca tempo e utilize essa praticidade, reduzindo seu trabalho com o arquivo e registro de informações de forma prática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest